COZINHA COLONIAL ESPAÇO CRIATIVO 740x370 - Cozinha Colonial: Encantos do estilo rústico

Cozinha Colonial: Encantos do estilo rústico

A cozinha é um dos espaços mais importantes da casa, pois é nesse espaço que os alimentos devem ser preparados com todo cuidado, carinho e atenção, além de ser um ambiente social, que une moradores e seus convidados. Em muitas casas, é mais comum as pessoas se reunirem na cozinha do que na sala de jantar ou estar, por exemplo. A cozinha como ponto de encontro entre amigos, lugar de pequenas e íntimas reuniões é característica do período colonial, período esse em que os amigos verdadeiros entravam pela cozinha da casa e desfrutavam da fartura alimentar, além do calor do fogão a lenha (principalmente nas cidades mais frias). É por esses motivos que a cozinha colonial está em alta!

Muitas noivas, mulheres independentes que têm sua própria casa e mulheres casadas ficam em dúvida sobre como projetar sua cozinha colonial. Quais são as características básicas? Qual tipo de material que mais promove esse acolhimento típico da cozinha colonial? E claro, sem deixar de ser um ambiente prático, eficiente, bonito e cheio de charme.

Acompanhe, a seguir, a história da cozinha colonial, assim como suas principais características e descubra o porquê desse estilo de design ser o queridinho do momento! Prepare-se, pois possivelmente você irá se apaixonar por essa cozinha: cheia de história, boas receitas, conversas da melhor qualidade e feita para ser utilizada (e muito!).

 

cozinha colonial - Cozinha Colonial: Encantos do estilo rústico

 

Breve histórico da cozinha

A casa, como um todo, reflete os hábitos culturais da família e os ambientes são a tradução de posicionamentos e escolhas econômicas, tecnológicas e sociais. A evolução histórica da cozinha reflete essas características ao longo das transformações históricas do Brasil e do mundo.

A chaminé (lareira) foi inventada na Europa, no século XIII, e significou uma importante evolução para as residências, uma vez que passou a ser possível o aquecimento interno das casas, facilitando o preparo dos alimentos. Apenas no século XVI foi desenvolvido um sistema de exaustão para direcionar a fumaça produzida para o meio externo.

No Brasil, o período colonial é iniciado no século XVI, e as cozinhas eram construídas separadas fisicamente da casa principal (casa grande), pois havia uma grande dificuldade para obtenção de água corrente. O saneamento básico era um grande desafio e os utensílios geralmente eram limpos com água parada, por meio de tanques, bacias e afins. A distância também era justificada pela possibilidade de incêndios e pela criação de animais para alimentação.

É interessante notar, que os portugueses também foram incorporando a sabedoria indígena para desenvolver a forma brasileira de preparo dos alimentos nos trópicos. O fogão a lenha surge no século XVIII e apenas no século XIX a cozinha passa a ser efetivamente incorporada a casa, a partir dos avanços tecnológicos possibilitados pelo cultivo do café, borracha e açúcar.

Atualmente, a cozinha colonial reúne o que há de melhor em termos tecnológicos (materiais, acabamentos, eletrodomésticos, móveis), com o melhor da vivência desse espaço do tempo colonial (quando a vida era mais calma e o tempo passava lentamente), como reunir a família para momentos de conversas despretensiosas juntamente com a degustação de pratos artesanais, típicos e que lembram a casa dos avós. É esse resgate emocional em conjunto com a tecnologia que torna o design da cozinha colonial tão diferenciado e procurado por clientes de todo o país.

 

Cozinha Colonial: principais características

Para ter uma cozinha colonial com muita personalidade, siga as dicas a seguir:

CORES: Utilize tons terrosos como o terra cota, marrom, bege, ocre. Essas cores remetem ao barro (tijolos a mostra, cobogós), ferro e madeira que eram extremamente empregados na construção das fazendas coloniais. Cuidado para o ambiente não ficar muito escuro: utilize o branco para equilibrar a claridade. Móveis para cozinha: Conheça opções incríveis com tons terrosos!

MÓVEIS PLANEJADOS: Ilhas são diretamente associadas ao uso do fogão à lenha, pois possibilitam a reunião das pessoas no entorno desse móvel. O mobiliário planejado valoriza a sua cozinha, potencializando o uso de cada centímetro do seu espaço (principalmente em cozinhas pequenas). Utilize coifas e exponha seus utensílios (panelas, bacias de cobre) em varais de ferro (ou material que imite o ferro) logo acima da ilha. Luminárias pendentes, em ferro, também são um charme. Conheça dicas essenciais de organização e funcionalidade para sua cozinha!

LADRILHO HIDRÁULICO: Excelente opção de revestimento para as paredes, pois apresentam a resistência e higienização necessárias para a área da cozinha, além de apresentarem padrões estéticos que reproduzem a arte portuguesa ou indígena.

NATUREZA: Traga plantas para a sua cozinha, traga vida. Além de remeter ao contato com a natureza, colore o ambiente quebrando o excesso de seriedade.

 

cozinha colonial moda - Cozinha Colonial: Encantos do estilo rústico

 

Conheça a Criativo Espaço Móveis e Cozinhas

Há mais de 27 anos atuando no mercado moveleiro, com excelência, a Espaço Criativo Móveis e Cozinhas é especialista em mobiliário planejado, atuando em parceria com a Italínea (indústria moveleira do Rio Grande do Sul, referência no mercado nacional e internacional).

Contamos com profissionais capacitados para te auxiliar a desenvolver o melhor projeto para a sua cozinha colonial! Permita-se encantar com o que há de melhor em móveis planejados em Ribeirão Preto/SP: conheça nossa loja física e nossas redes sociais. Será um prazer realizar seus sonhos!

Call 5 300x100 - Cozinha Colonial: Encantos do estilo rústico

Deixe uma resposta