erros comprar movel 740x370 - 5 erros fatais ao comprar móveis

5 erros fatais ao comprar móveis

Evite dores de cabeça ao comprar móveis para a sua casa! O acompanhamento de profissionais qualificados e experientes para projetar sua casa nova ou até mesmo reformá-la, é essencial para evitar gastos desnecessários, além de escolhas inadequadas para suas demandas diárias. Você pode comprar móveis, de pronta entrega ou planejados, com valores acessíveis e ter o lar dos seus sonhos!

Boas empresas moveleiras costumam entregar o projeto executivo (layout dos ambientes e móveis – desenhos técnicos e maquetes 3D) tanto dos ambientes solicitados como dos móveis sugeridos, além de serem também responsáveis por todo o processo de fabricação, entrega e instalação. Diante dessa realidade, tornam-se possíveis negociações mais vantajosas quanto aos preços e formas de pagamento.

É comum que a grande maioria das pessoas não saiba nem por onde começar quando o assunto é comprar móveis. Veja, a seguir, alguns dos erros mais comuns cometidos e evite passar por problemas desnecessários. Vamos lá!

  1. Não estabelecer prioridades de uso

Antes de comprar móveis, compreenda todas as necessidades de uso do espaço. Pense primeiro nas características mais individualizadas do seu imóvel: é pequeno ou grande; é um imóvel com arquitetura mais antiga ou mais moderna; os ambientes são divididos com paredes ou é um vão livre; há espaços conjugados ou não…

Em seguida, pense sobre o estilo de vida da sua família e sobre as demandas pessoais de cada morador: há animais de estimação (pense no porte do pet, assim como em suas necessidades de interação com o ambiente) ou não; há crianças (móveis sem quinas ou com quinas protegidas, móveis com dimensões adequadas para os pequenos) ou não; há moradores muito altos ou muito baixos (camas com dimensões diferenciadas); há portadores de necessidades especiais ou não (por exemplo, cadeirantes precisam de espaços amplificados para circulação, assim como de portas mais largas).

Uma vez que as características essenciais do lar foram definidas, pode-se começar a pensar em estilo decorativo, o qual deve estar em conformidade com a personalidade da família. Uma família mais urbana pode optar por um estilo mais industrial, com cores neutras e poucos adornos.

Mobiliar um imóvel trata-se basicamente de planejamento e estratégia e não simplesmente de comprar móveis! Conte com bons profissionais para enfrentar esse desafio.

  1. Comprar móveis com medidas erradas

Olhando de fora, mobiliar um apartamento pode parecer algo bem simples e fácil de ser realizado. Mas esse tipo de pensamento é próprio de quem não conhece sobre a área. Não que seja uma tarefa impossível de ser realizada, mas exige conhecimentos práticos que se não utilizados podem gerar grandes dificuldades, como por exemplo, comprar um sofá que não entra pela porta do apartamento e precisará ser içado pela janela. Cuidado com o barato que pode sair caro ao comprar móveis!

Conhecer todas as medidas do seu ambiente, assim como entender sobre medidas antropométricas, boas práticas de circulação e dominar o estabelecimento de fluxo de pessoas é essencial para um projeto eficaz e eficiente.

Por exemplo, para comprar uma mesa de jantar, além de saber as dimensões da mesa em sim (altura, largura e profundidade) e raciocinar essas dimensões dentro do espaço da sua sala de jantar, é necessário levar em consideração o espaçamento entre as cadeiras (para que as pessoas não fiquem apertadas umas do lado das outras), além do espaço necessário atrás das cadeiras para que as mesmas sejam movimentadas, de forma confortável, para que os usuários possam se sentar e se levantar sem atrapalhar o fluxo de passagem no entorno da mesa.

Móveis planejados são a melhor solução para espaços muito pequenos ou muito grandes, além de valorizar o imóvel. Os planejados promovem uma ocupação milimetricamente adequada do espaço, evitando assim falta ou sobra do móvel nos ambientes (por exemplo, um armário de cozinha que acaba muito antes do fim da parede e fica nitidamente pequeno para o espaço ou um racker que simplesmente não cabe na sua sala de estar, avançando pelo espaço do corredor). Evite comprar móveis por impulso, sem ter as medidas de forma clara e precisa, pois essa é a principal causa de erros desse tipo!

  1. Comprar móveis mais baratos

Esteja atento à qualidade ao comprar móveis! Você pretende trocar de móvel todo ano, todo mês ou gostaria de um móvel que dure mais tempo?

Procure entender o que o móvel oferece em termos de marcenaria (tipo de madeira utilizada; tipo de corte realizado; ferragens empregadas), estofado (espuma de qualidade; tecido mais resistente; presença de tratamentos de impermeabilização; facilidade de manutenção diária), acabamento (acabamentos em laca, para madeira, são mais delicados e pouco indicados para quem tem criança) e resistência (móveis bem estruturados e ergonômicos).

Opte por móveis com preços justos de acordo com a qualidade apresentada e não tenha receio em comprar móveis bons que irão valorizar o seu imóvel e promover a manutenção da sua saúde e a da sua família. Uma boa dica para avaliar a qualidade de produção de um móvel, como um sofá, é analisar o acabamento empregado na parte inferior do móvel, parte menos visível para o cliente. Um bom móvel apresenta acabamento impecável em toda a sua extensão!

comprar móvel - 5 erros fatais ao comprar móveis

 

4. Comprar móveis pela internet sem ter cautela

Ao comprar móveis pela internet busque consultar, com antecedência, os órgãos de proteção ao consumidor. Conheça também o que os clientes da marca têm a dizer sobre a experiência de compra. Sempre faça buscas por processos judiciais, pois os comentários de clientes, em redes sociais, podem ser facilmente manipulados pelas empresas, já os processos jurídicos que enfrentam não.

Móvel é um tipo de produto que vale a pena ser visto, tocado e sentido antes de ser adquirido. Um móvel é uma experiência multissensorial, antes de ser um objeto de decoração!

Há muitos golpes pela internet, fique atendo e desconfie de preços baratos e condições muito diversas do comumente praticado. Caso a marca tenha uma loja física, vale a pena visitar o showroom para porsteriormente optar pela compra online.

  1. Não acompanhar a instalação dos móveis

A etapa de instalação dos móveis é de grande importância, pois é nesse momento que são feitas as conferências do produto entregue assim como a fiscalização de uma instalação impecável. Programe-se para ter tempo disponível para receber os móveis e acompanhar e/ou orientar o pessoal da instalação. Assine o recibo de entrega e instalação dos móveis apenas quando todo o processo estiver concluído e você estiver seguro que todos os móveis estão em perfeito estado. Não aceite móveis quebrados, arranhados, mal pintados, com tecido manchado, desfiando ou qualquer situação anormal que se apresente.

Esteja atendo para guardar toda a documentação relativa à aquisição e instalação dos móveis. A garantia é o que permite que trocas sejam realizadas em casos de defeito de fábrica. Fique atendo também ao contrato estabelecido no momento da compra, para que todas as condições especificadas pelo vendedor estejam registradas nesse documento.

Siga essas cinco condutas básicas para comprar móveis e tenha o lar dos seus sonhos, além de uma mente tranquila, a salvo de aborrecimentos desnecessários.

Deixe uma resposta