cabeceira 740x370 - Cabeceira de Cama: Faça a escolha certa

Cabeceira de Cama: Faça a escolha certa

Você sabe escolher uma boa cabeceira para sua cama? Qual o melhor tamanho, cor, material? Essa é a dúvida de muitas pessoas quando se deparam com a decoração do quarto de dormir do casal, dos filhos e dos hóspedes. O quarto tende a ser um lugar de aconchego e calma, com o intuito de propiciar a principal atividade desse ambiente: dormir!

Durante o período do Renascimento (1300 a 1600), o principal uso da cabeceira da cama era como apoio para as costas, uma vez que era comum realizar refeições na cama, assim como receber visitas no quarto. Dessa forma, além de um espaço para descanso, o quarto de dormir também era o local das refeições e de convívio social.

Com o surgimento da sala de estar e da sala de jantar, o quarto de dormir passa a ser um ambiente mais voltado para o descanso, mas isso não impede que outras atividades também sejam realizadas nesse mesmo espaço, como ser conjugado com um mini escritório ou área de estudos.

Durante a Idade Média (476 a 1492) as cabeceiras passaram a ser mais elaboradas, sendo esculpidas por grandes artistas da marcenaria e surge também o revestimento por tecidos. As cabeceiras eram frequentemente fixas na própria cama, mas com o advento contemporâneo das camas box, as cabeceiras passam a ser fixadas na parede, como uma espécie de painel.

Muitos acreditam que a cabeceira da cama é apenas um elemento decorativo, sem funções práticas de uso… O que é um grande engano! As principais funções da cabeceira da cama são: proteção da pintura da parede (evitar marcas na parede devido ao contato com o corpo, roupas, almofadas); proteção e segurança do usuário (evitar bater a cabeça na parede, enquanto dorme, por exemplo); aumento do conforto do ambiente (tátil, térmico e acústico, dependendo do tipo de material do revestimento da cabeceira) e composição estética, decorativa.

Acompanhe o texto, a seguir, e aprenda a escolher o melhor tipo de cabeceira para o seu quarto! Vamos lá?

 

Cabeceira: Como pensar o lugar que a cama ocupa dentro do quarto?

Há uma variedade enorme de cabeceiras no mercado, com as mais variadas dimensões, formatos, formas de fixação, acabamento, textura, material.

O primeiro passo para começar a planejar o quarto é determinar as atividades que serão realizadas nesse ambiente e a partir desse estudo criar o layout (desenho) do mesmo, com a distribuição dos móveis no ambiente. Em seguida, determina-se o estilo decorativo a ser empregado, como: romântico, industrial, moderno, rústico. Esse estilo é determinado pelo perfil psicológico do morador, de acordo com o tipo de sensações que ele deseja ter nesse ambiente e a cabeceira deve seguir o estilo escolhido.

Essa divisão dos móveis no ambiente deve levar em consideração as dimensões do espaço e a circulação das pessoas no mesmo. Por exemplo, um quarto infantil apresenta espaços de circulação diferenciados de um quarto para um adulto que utiliza cadeira de rodas para se locomover. Sendo assim, é necessário estar atento às especificidades de uso de cada tipo de quarto. De uma forma geral, é interessante que se tenha um espaço de pelo menos 60cm para circulação nas laterais da cama.

Para quem mora de aluguel e não quer utilizar cabeceira tipo painel, fixada na parede, uma boa opção é a cabeceira fixa na própria cama (inclusive na cama box). Dessa forma, caso a pessoa se mude, pode levar a cama e a cabeceira juntas, sem muita necessidade de adequações das medidas (o painel é projetado especificamente para o ambiente onde será instalado).

Para quem gosta de trabalhar a energia dentro do quarto de dormir, o Feng Shui (técnica milenar chinesa para harmonizar a casa) sugere que a cama não fique posicionada diretamente (de frete, no alinhamento) para a porta do quarto, uma vez que tira a privacidade da pessoa. Não são recomendadas, também, prateleiras fixadas acima da cabeceira, pois existe sempre o risco de acidentes, caso a prateleira ou algum dos objetos apoiados caia sobre a cama e até mesmo sobre a pessoa dormindo.

Cama com cabeceira - Cabeceira de Cama: Faça a escolha certa

Cabeceira: Como dimensionar?

O dimensionamento da cabeceira deve ser planejado a partir das dimensões do quarto e das dimensões da cama (colchão). Em relação à largura da cama, a cabeceira nunca deve ser menor que essa dimensão, para cumprir adequadamente com a função de proteger a pintura da parede e a cabeça do usuário.

Veja, a seguir, as mediada dos principais tipos de colchão para cama box:

  • King: 2,03m x 1,93m;
  • Queen: 1,98m x 1,58m;
  • Casal: 1,88m x 1,38m;
  • Solteiro: 1,88m x 0,88m.

Em relação às dimensões do quarto, deve-se estar atendo às medidas de comprimento da parede onde a cama será posicionada e a medida do pé direito. Veja, a seguir, o que é indicado para cada tipo de quarto:

 

Cabeceira: quarto com parede estreita ou pé direito muito alto

Nesse tipo de quarto, há pouco espaço entre as laterais da cama. Para que o ambiente aparente ser um pouco maior, é necessário que a cabeceira, em forma de painel, cubra todo o comprimento da parede e avance até, no máximo, 30cm acima da parte superior do colchão (é importante que a cabeceira não seja muito alta, para tornar o espaço mais proporcional).

A cor da cabeceira deve ser uniforme com as cores da parede, sem destaque, para evitar que a parede fique visualmente cortada, dificultando assim o alongamento lateral do espaço ou em caso de pé direito alto, chamar a atenção para a altura desproporcional.

 

Cabeceira: quarto com paredes muito largas ou pé direito baixo

A cabeceira para esse tipo de ambiente deve ser mais alta do que larga, para dar uma sensação de que o espaço é mais alto. Sendo assim, cabeceiras, d tipo painel, que vão do piso ao teto ou que até mesmo avançam pelo teto são muito recomendadas. Em relação à largura da cabeceira, é interessante que seja da largura exata da cama ou um pouco maior (bem pouco).

A cor, para esse tipo de cabeceira, deve ser diferente da paleta de cores da parede, com o intuito de criar destaque para a cabeceira e acentuar o alongamento visual do pé direito.

cabeceira quarto - Cabeceira de Cama: Faça a escolha certa

Cabeceira: quarto com largura de parede e pé direito proporcionais

Quartos de dormir, com dimensões de largura e altura proporcionais são os mais fáceis de decorar, pois não precisam ter suas dimensões compensadas visualmente.

Dessa forma, a cabeceira deve ser planejada de uma forma que não diminua e nem aumente as proporções do ambiente. A altura da cabeceira deve ser igual à metade do pé direito, mantendo a proporcionalidade da altura da parede. Já em relação à largura, deve avançar até no máximo 30cm de cada lado da cama.

Em relação à cor, a cabeceira pode se destacar ou compor a paleta de cores presente na parede, no quarto, de forma mais discreta.

 

Cabeceiras: Tipo de material

Para escolher o tipo de material da cabeceira é interessante levar em consideração se o quarto é mais quente ou mais frio. Por exemplo, em locais mais frios, podem ser utilizadas cabeceiras de madeira e de tecido, sendo que as de tecido trazem mais conforto, principalmente quando acolchoadas.

O linho, por exemplo, é um tecido resistente, nobre e com grande diversidade de cores. Os tecidos também podem ser impermeáveis, muito indicados para quarto de crianças.

Em locais mais quentes, é indicado que a cabeceira seja metálica e vazada, como as em aço inox. Em termos de acústica para o quarto, fique atento aos materiais do piso e paredes para escolher o material da cabeceira. Por exemplo, em um quarto que o piso seja todo em porcelanato, é interessante que a cabeceira seja de madeira para conter a reverberação do som.

Continue acompanhando nossas dicas no blog e tire todas as suas dúvidas para decorar com qualidade e bom gosto! 

Deixe uma resposta